Ah, carros…

SÃO PAULO (já valeu o dia) – Acordei cedo para ir trabalhar e enquanto tomava o café, fiquei acompanhando a cerimônia do casamento real na Inglaterra. Meu atual trabalho não tem nada a ver com esportes ou automobilismo ou carros, mas essas minhas paixões me seguem a todo momento.

E eis que vejo o príncipe William sair com sua esposa Kate nesse brinquedinho aí abaixo. Depois disso, não precisava ver mais nada…

Príncipe William passeia com Kate Middleton em um Aston Martin Volante

Digo brinquedinho sim, porque o que diferencia os homens dos meninos é o preço dos brinquedos. Esse carro aí é um Aston Martin Volante DB6 MKII, de 1969, movido a etanol feito a partir de vinho.

O príncipe William pegou o carro emprestado do pai, o príncipe Charles, para passear com sua esposa após o casamento real. Esse é o automóvel de lazer de Charles desde o seu aniversário de 21 anos – um presente de sua mãe, a rainha Elizabeth. Mas é pouco usado; roda cerca de 500 km por ano, apenas.

O charmoso conversível, com direção do lado direito segundo rege a mão britânica, estava decorado com fitas, balões e latas amarradas no para-choques e na placa de trás estava gravado“JU5T WED” (uma corruptela para recém-casados, em inglês). A letra L na grade dianteira é usada no Reino Unido para identificar os motoristas em aprendizado (“learning”), mas pela decoração com coraçõezinhos deve ser uma brincadeira com love.

Podem até achar bobo, mas eu gosto dessas tradições e de quase tudo relacionado à família real inglesa. A começar por um de meus sobrenomes, que é Bradbury, inglês típico. Outro porque, a Abadia de Westminster, além de toda a história e importância que a cerca (dêem um google para saber mais coisas, vale muito a pena), é um dos marcos do presbiterianismo, religião que pratico. E o hino inglês, o God Save The Queen, é um dos hinos tradicionais da Igreja Presbiteriana, embora com outra letra totalmente diferente (a mesma coisa ocorre com a melodia do hino alemão, que cantamos com outra letra) em português.

É bacana tudo isso. São detalhes e tradições históricas que ainda mexem com quase todo mundo. É um conto de fadas em tempo real, transmitido ao mundo pela TV e internet com audiência estimada em pelo menos 2 bilhões de pessoas (pelo menos algumas mulheres agora têm uma ideia porque os homens gostam de ver um jogo importante de futebol na TV). São títulos de nobreza, condecorações, rituais, protocolos, convidados importantes como monarcas, reis e rainhas do mundo, chefes de estado, celebridades, tudo com pompa e circunstância. É divertido, faz o mundo real que a gente vive parecer menos chato.

Essas coisas são necessárias, no meu ponto de vista. Há quem não ligue, não ache a mínima graça. Mas essa cerimônia, coisa rara de ser ver pela TV e ao vivo, mesmo com uma grande dose de cafonice, é uma pequena fuga para nossa imaginação recuperar aqueles sonhos de infância em que tudo era bom e o mundo sorria para nós. Além do que, isso é a história sendo escrita nos nossos narizes, coisa que estarão nos livros em breve, mostrando a importância dos fatos.

Se um dia William for Rei da Inglaterra, esse casamento será obrigatoriamente citado como marco em sua trajetória. Pelo menos, com essas malfadadas linhas, eu estou aproveitando o momento histórico à minha maneira. E vendo tudo isso, tive vontade de ser príncipe por um dia para poder passear com minha princesa num carrinho desses.

Anúncios

1 comentário

Arquivado em carros, generalidades, Política, religião

Uma resposta para “Ah, carros…

  1. Fran Oliveira

    Oi Saulo, amei seu post. E espero que um dia ande no brinquedinho com sua princesa… beijos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s