Arquivo da categoria: Kart

Tem kart no fim de semana

Largada da categoria Graduados nessa sexta-feira em Interlagos (Foto: Luiz Pinheiro)

São Paulo (piloto importado) – Já ia esquecendo. Duas das mais importantes competições de kart do país estarão juntinhas neste final de semana no kartódromo Ayrton Senna, em Interlagos. O SKB (Super Kart Brasil) e a Copa Petrobrás Sorriso Campeão dividem a pista de um dos templos do kartismo nacional pela primeira vez.

Inédito também é o fato do SKB distribuir vagas para a Seletiva de Kart Petrobras. A competição apoiada pela petrolífera desde 1999 oferece, neste ano, 117 mil reais como prêmio ao seu vencedor, e no SKB são três vagas em jogo para a decisão – que reúne apenas 12 selecionados. As provas de classificação, que compõem a Copa Petrobras Sorriso Campeão, serão computadas somente nas duas baterias de sábado, que fecham o SKB.

Nesta sexta-feira os pilotos já foram disputar as duas primeiras baterias com uma diferença: o traçado invertido. Essa é uma tradição da primeira etapa classificatória da Seletiva de Kart Petrobras – um misto de corrida de kart e ação social há dez anos denominada Copa Petrobras Sorriso Campeão – que corre “ao contrário” na pista. A iniciativa foi resgatada no ano passado pelo Super Kart Brasil e em 2012 será mantida.

E no sábado acontecem as duas últimas baterias que definem os campeões. A competição atraiu 40 pilotos para o grid da principal categoria e recebeu dois competidores da Fórmula Renault Alps, da Europa, Felipe Fraga e Gustavo Lima, que estavam em Monza (Itália) no último final de semana disputando a rodada de abertura da categoria europeia.Fraga, inclusive, já foi campeão da segunda edição do SKB na Shifter Kart e busca o bicampeonato.

André Nicastro, atual campeão da Graduados (Foto: Luca Bassani)

Os resultados (extra-oficiais) do primeiro dia de competições do SKB estão abaixo e os resultados completos podem ser conferidos no site www.racingcrono.com.br. Descendo um pouco mais há a programação desse sábado. Corra que ainda dá tempo!

Super Cadete

1- Gabriel Lopes, 30 pontos
2- Gabriel Paturle, 29
3- Gianluca Petecof, 22
4- João Pedro Correa, 21
5- Edgar Bueno Neto, 18

Júnior Menor
1- João Pedro Guim, 33 pontos
2- Paulo Lima, 30
3- Murilo Coletta, 29
4- Enzo Prando, 21
5- Igor Melo, 18

Júnior
1- Sérgio Câmara, 35 pontos
2- Vinícius Papareli, 25
3- Rafael Martins, 22
4- Vítor Baptista, 19
5- Leonardo Gimenes, 16

Sênior
1- Renato Turelli, 40 pontos
2- Antonio Ventre, 26
3- Diogo Zucarelli, 24
4- Marcelo Meneghel, 21
5- Adriano Pizzonia, 16

Shifter
1- André Nicastro, 29 pontos
2- Dennis Dirani, 25
3- César Ramos, 22
4- Mitsui Duzanowski, 22
5- Gaetano Di Mauro, 20

Graduados

1- André Nicastro, 40 pontos
2- Gabriel Casagrande, 30
3- Olin Galli, 20
4- Ítalo Leão, 20
5- Ariel Varella, Antonio Furlan Neto e João Vieira, 12

 

Programação – Sábado(31/3)
Tomada de tempos

Júnior Menor – 8h30
Júnior – 8h45
Graduados – 9h
Sênior – 9h15
Super Cadete – 9h30
Shifter – 9h45

3ª bateria
Júnior Menor – 11h05
Júnior – 11h30
Graduados – 11h50 – Válida pela Copa Petrobras Sorriso Campeão
Sênior – 12h10
Super Cadete – 12h30
Shifter – 12h50

4ª bateria
Júnior Menor – 14h35
Júnior – 15h
Graduados – 15h25 – Válida pela Copa Petrobras Sorriso Campeão
Sênior – 15h50
Super Cadete – 16h15
Shifter – 16h40

Deixe um comentário

Arquivado em automobilismo, Automobilismo Brasileiro, Kart

Vida pregressa

São Paulo (A Origem) – Depois de o mexicano Sergio Pérez ter se destacado no fim de semana, muitos se perguntam de onde ele veio, como foi parar na Fórmula 1 etc. E como a base do automobilismo é o kart, o Allkart.net, via Renan do Couto, preparou um ótimo especial que mostra um pouco do começo da carreira de Checo.

Sua estreia foi aos seis anos de idade e desde então Pérez foi colecionando vitórias e marcas importantes que culminariam em sua “adoção” pela Telmex, empresa de telefonia do conterrâneo Carlos Slim, o homem mais rico do mundo, e que o apoia até hoje, estampando suas marcas nos carros da Sauber.

Para conferir o especial, é só clicar na imagem abaixo.

Deixe um comentário

Arquivado em automobilismo, Automobilismo Internacional, Formula 1, Kart

Fórmula + (2)

São Paulo (Formulinha) – Hoje, logo mais às 19h, a Fórmula + tem seu lançamento no Kartódromo da Granja Viana, com uma surpresinha excelente: os pilotos interessados na nova categoria poderão experimentar o carro e dar umas voltas no monoposto. Basta levar macacão e capacete.

A iniciativa parte de pessoas que realmente entendem do assunto e que se importam com todo o coração pelo automobilismo brasileiro: os irmãos Binho e Paulo Carcasci. Abaixo você confere um vídeo com as explicações técnicas e o convite feito pelo Paulo. O segundo vídeo é o clipe com algumas entrevistas dos organizadores e participantes.

E aqui você pode ver mais vídeos da categoria, com entrevistas de pilotos e demais entusiastas. Vale muito a pena dar uma olhadinha!

Desejamos todo o sucesso à Fórmula +!

 

 

Deixe um comentário

Arquivado em automobilismo, Automobilismo Brasileiro, Fórmula +, Kart

Fórmula +

São Paulo (Ressuscitando)– Após um período sabático para correr atrás de grana, resolvi ressuscitar este blog com uma notícia que saiu em dezembro último, mas que marca uma tentativa de renascer também o automobilismo brasileiro, que anda bem judiado.

Fórmula + faz shakedown na Granja Viana

Trata-se da iniciativa dos irmão Paulo e Binho Carcasci, dois dos mais sérios e competentes profissionais que trabalham com o esporte a motor no brasil que, além de estarem nos bastidores da Seletiva Petrobras de Kart – que dá uma senhora ajuda aos pilotos em começo de carreira na transição do kart para categorias de monopostos, também estão por trás da criação da Fórmula +.

A categoria fará sua apresentação oficial no dia 16 de janeiro. O carro, pequeno para um fórmula, busca facilitar essa transição. As dimensões reduzidas ajudam na adaptação antes de se encarar um carro maior, mais profissional, onde as exigências são bem maiores (como reflexos e força G, por exemplo), permitindo a pilotos com idade entre 13 e 16 anos experimentar um monoposto de competição em autódromos pequenos e até mesmo em pistas de kart. O interessante é a combinação de peso diminuto (cerca de 350 kg com o piloto) com um motor 4 cilindros e transmissão de 6 marchas, com 100 cv. Deve ser divertidíssimo de acelerar o bichinho.

É de se admirar o esforço dos irmãos Carcasci. Torcemos para que isso dê certo e evolua ao ponto de votarmos a ser um celeiro de pilotos nas categorias de ponta do mundo. Não só formadores de pilotos, mas formadores de campeões. Coisa que Paulo e Binho acreditam piamente, dado seu passado de suor e vitórias.

Abaixo segue o vídeo de apresentação da categoria e o release do brother Rafael Durante, outro incansável defensor da velocidade neste país.

Fórmula + faz shakedown na Granja Viana. Apresentação será no dia 16 de janeiro

Victor Franzoni foi o primeiro piloto a experimentar o carro da categoria que está sendo criada pelos irmãos Paulo e Binho Carcasci. Organizadores divulgaram primeiros detalhes da nova competição

Um carro pequeno, mas completo, que apresenta uma proposta de competição diferente de tudo o que já se viu no país e que permitirá a pilotos com idade entre 13 e 16 anos experimentar um monoposto de competição em autódromos pequenos e até mesmo em pistas de kart. Cercado de grande expectativa, o novo carro da Fórmula + foi para a pista pela primeira vez no Brasil nesta sexta-feira (23), em um shakedown conduzido pelo piloto da F-Renault Européia Victor Franzoni no Kartódromo da Granja Viana, na Grande São Paulo.

A categoria foi anunciada no início do mês de dezembro pelos irmãos Paulo e Binho Carcasci, que chegaram ao formato da Fórmula + depois de estudarem as exigências encaradas atualmente pelos pilotos que optam pelo caminho que leva à Fórmula 1. Ao invés de proporem mais um campeonato de monopostos realizado nos padrões tradicionais, para pilotos com idade mínima de 15 anos e carros similares aos usados em competições europeias, a dupla de promotores inovou ao antecipar o aprendizado dos pilotos brasileiros para que eles possam estrear na Europa, ou mesmo no Brasil, com uma idade compatível às novas exigências do esporte.

“Não pretendemos que a Fórmula + seja a única categoria do país, ou imaginamos que ela vá resolver todos os problemas do automobilismo brasileiro. Mas temos, certamente, uma importante ferramenta de aprendizado que pode ser muito bem aproveitada por jovens pilotos”, declarou Binho Carcasci.

Victor Franzoni foi só elogios à categoria. “O carro é ótimo, um verdadeiro carro de corridas. Já pilotei o Fórmula Futuro, o Abarth e o Renault, e acho que o novo Fórmula + vai ajudar muito na formação de jovens brasileiros para o automobilismo europeu. Eu saí do kart com 15 anos e isso me ajudou porque agora, aos 16, estou indo para a Europa mais bem preparado. Para os pilotos que, desde os 13 anos, puderem competir com esse carro a evolução será ainda maior. Por isso acho que a Fórmula + será muito importante para o automobilismo brasileiro”, opinou Franzoni.

Além do mais novo piloto da equipe CRAM na F-Renault – que foi quem mais voltas completou com o Fórmula + nesta sexta-feira na Granja Viana -, os pilotos Raphael Raucci (17 anos, campeão paulista de Stock Jr. e piloto confirmado no F-3 Brazil Open em janeiro) e os kartistas Victor Baptista (13 anos), Artur Fortunato (14 anos) e Gaetano Di Mauro (15 anos) também pilotaram o carro. A apresentação para a imprensa e demais pilotos, que deveria ter sido no último dia 12, foi remarcada para o dia 16 de janeiro no Kartódromo da Granja Viana.

“Em razão de um atraso na alfândega, que coincidiu com um feriado municipal em Campinas, não pudemos fazer a apresentação oficial do carro no último dia 12. Mas queríamos muito que o Fórmula + fosse para a pista ainda em 2011. Por isso fizemos um shakedown nesta sexta-feira, e remarcamos a apresentação oficial para janeiro. Havia muita expectativa em torno da categoria, e a receptividade das pessoas que estavam no kartódromo nos surpreendeu. Agora que divulgamos mais informações sobre o projeto, a Fórmula + está sendo mais bem compreendida e fez muito sucesso com os pilotos que puderam experimentar o carro”, comentou Paulo Carcasci.

Até mesmo Felipe Giaffone, atual campeão da F-Truck, teve a curiosidade de acelerar o novo carro após o shakedown feito por Franzoni. “Este carro tem o peso intermediário entre um kart e um fórmula, e é muito interessante de guiar. Os promotores precisarão achar as pistas certas para ele, e o campeonato tem tudo para ser bem interessante”, comentou Giaffone.

A temporada inaugural da Fórmula + terá seis rodadas duplas e, embora o calendário ainda não esteja definido, os promotores consideram realizar provas em autódromos como os do Velopark (Nova Santa Rita), Mega Space (Belo Horizonte) e ECPA (Piracicaba), e em kartódromos de maiores dimensões, como os de Aldeia da Serra, Raceland (Curitiba), Velopark, Arena Sapiens (Florianópolis) e Itu (São Paulo).

Ficha técnica
Chassi: Tubular
Suspensão: Independente nas 4 rodas, com Push-road
Amortecedores: Hidráulicos
Motor: 4 cilindros, 600 cilindradas, 4 tempos, 100 HP (usado na Yamaha FZ6)
Cambio: Sequencial (6 marchas)
Distancia entre-eixos: 1,845m
Bitola dianteira: 1,49m
Bitola traseira: 1,485m
Peso a seco: 270kg
Pneus: Hoosier (americano) R50TH
Medida dos pneus: 7,5 x 10″

Deixe um comentário

Arquivado em automobilismo, carros, generalidades, Kart

Kart com marcha

SÃO PAULO (rápido?) – Devidamente surrupiado do excelente blog Voando Baixo, do meu amigo Rafael Lopes, competentíssimo jornalista de automobilismo da Globo.com, coloco aqui um vídeo de uma câmera onboard num Shifter Kart (kart com marcha).

O piloto em questão é o tocantinense Felipe Fraga, grande kartista e vencedor da Seletiva Petrobras de kart, disputada em Itu em 2010. Tive o prazer de conviver com Fraga por uns dias em Las Vegas e de acompanhar em inúmeras corridas pelo Brasil. Engraçadíssimo, gente boa por demais e piloto sensacional, Felipe fez este vídeo no Kartódromo de Wackersdorf, na Alemanha. Ele estava fazendo testes para a equipe CRG oficial antes do Campeonato Europeu, que aconteceu no dia 12 de junho. Ele foi o único brasileiro inscrito na categoria Shifter. Será que acelera o bichinho???

Detalhe: Com uma relação peso x potência (180kg/45cv), consegue números que impressionam.

• Aceleração de 0 a 100km/h em menos de 2,7 segundos;

• Forças laterais e de aceleração de 2,5 a 3G;

• Velocidades finais em determinadas pistas que possibilitam chegar a 170km/h. Só! De arrepiar!

Deixe um comentário

Arquivado em automobilismo, Kart

Troféu Gustavo Sondermann

SÃO PAULO (excelente ideia) – No último fim de semana, quando estava gozando de meus últimos dias de férias forçadas, curtindo a Páscoa com as famílias no interior e celebrando a ressurreição de Cristo, rolou a terceira edição do SKB – Super Kart Brasil, batizada de Troféu Gustavo Sondermann, uma justíssima homenagem ao piloto que faleceu numa tragédia no autódromo José Carlos Pace, vulgo Interlagos, e que adorava correr de kart, como todo bom piloto que se preza gosta. O torneio foi disputado no kartódromo Airton Senna, vulgo Interlagos. O detalhe curioso é que para essa terceira edição foi usado o traçado no sentido inverso, deixando o desafio mais difícil e divertido.

Cobri as duas primeiras edições, mas infelizmente não fui nessa. O importante é que essa iniciativa pegou. iniciativa de pilotos, claro. Sem firula. Com raça. Os sete bastiões da empreitada são Paulo Carcasci, Ruben Carrapatoso, André Nicastro, Renato Russo, Dennis Dirani, Danilo Dirani e Sérgio Jimenez; palmas para eles. o SKB 3 contou ainda com alguns pilotos de renome internacional, como Rafael Suzuki (Fórmula 3 Japonesa) e Leonardo Cordeiro (GP3 Series).

Jimenez em sua tradicional comemoração

Foram 2o corridas e oito treinos em dois dias, com disputas para todos os gostos. E na categoria principal (Graduados), deu Jimenez. O piloto de Piedade/SP venceu por apenas um ponto de vantagem para André Nicastro (71 a 70) e levantou a taça. Sergio vibrou muito com o título e com a consolidação do torneio.

“Como piloto estou contente pelo título e, como promotor, estou mais contente ainda pelo sucesso do evento. Queremos fazer um campeonato de alto nível técnico, com premiação para os pilotos e sempre com um grande número de pilotos”, disse Jimenez. “Tive uma semana difícil, já que não tive o kart mais rápido da pista. Mas consegui o título na base da constância”, completou.

E mais organizadores faturaram o primeiro lugar em suas categorias, fazendo jus ao nome do piloto que batizou o Troféu.

Danilo Dirani celebra o título na Shifter

Danilo Dirani foi o grande nome da Stock AIG Shifter Kart depois de vencer três das quatro corridas do fim de semana. “Foi uma etapa de consagração, porque tivemos algumas dificuldades para chegar ao melhor acerto do kart. Consegui a pole position para as duas primeiras provas, e neste domingo consegui poupar pneus para a última bateria de hoje (sábado), que valia mais pontos. E, fora isso tudo, há a grande satisfação de ter dado tudo certo com o evento. Estamos fazendo o possível para manter o foco na nossa meta, de desenvolver o melhor campeonato do Brasil, nas melhores pistas, com os melhores pilotos”, comentou o piloto que compete na Fórmula Truck.

Já na divisão Sênior da Shifter, o título ficou com Renato Russo, que é o único tricampeão do torneio. Ele venceu as edições do Velopark e as duas de Interlagos – no sentido tradicional e no inverso.

SARAVÁ

Na categoria MG Tires Sênior o título ficou com o paulista Diogo Zucarelli, vencedor das duas baterias deste sábado em Interlagos. Antigo adversário de Ruben Carrapatoso e André Nicastro no final dos anos 1990, Zucarelli estava afastado das pistas havia 10 anos. Voltou com vitória na Copa São Paulo Light, realizada em Interlagos há uma semana, e venceu novamente neste sábado colocando em prática uma estratégia inusitada.

Depois de um começo difícil, marcado por quebras no treino classificatório e na primeira corrida, Zucarelli espalhou cabeças de alho por seu box e correu com alguns dentes de alho no bolso esquerdo do macacão. Deu certo. Na segunda bateria do evento, ainda na sexta-feira, Diogo largou em último e chegou em quarto. E neste sábado venceu duas vezes. Não é só jogador de futebol que tem suas superstições. Nesse caso, a mandinga funcionou no kart também.

“Estava parado há muito tempo, e voltei a treinar e a correr pensando em disputar o SKB. Consegui voltar à ativa de forma competitiva, e isso me deixou feliz porque vejo que toda a dedicação que tive ao esporte a motor no passado não foi em vão. Pertenci a uma geração muito talentosa, e por mais que muitos de nós não tenham chegado à Fórmula 1 ou a Fórmula Indy, conseguimos praticar o esporte que amamos em um nível muito alto de competitividade”, comentou Zucarelli, que também foi contemporâneo de Felipe Massa no kart.

Entre os mais jovens do torneio, o campeão da Super Cadete, João Pedro Guim, surpreendeu. Invicto nas duas edições do SKB das quais participou, ele acumula oito vitórias na competição e neste sábado somou mais que o dobro de pontos do segundo colocado, Felipe Drugovich. Já o título na Júnior ficou com Bruno Bertoncello, de 12 anos de idade.

Vida longa ao SKB!

Sérgio Sondermann, pai do piloto Gustavo Sondermann, com o troféu que leva o nome de seu filho entre os organizadores do SKB

Deixe um comentário

Arquivado em automobilismo, generalidades, Kart